sábado, 7 de novembro de 2009

Fadas!

(English version of this review)

Caso alguém tenha se dado ao trabalho de acompanhar os posts do meu blog inconsistente (ou consistente em sua inconsistência=P), saberá que sou fã de Odin Sphere e, por conseqüencia, do seu trio de heroínas: Gwendolyn (cuja figure da Alter foi objeto do meu primeiro review no meu blog), Mercedes e Velvet. Oito meses depois do lançamento da Gwendolyn da Alter, em dezembro de 2008, chega as mãos dos fãs esta figure da Mercedes, desta vez pelo fabricante Yamato. A Yamato também anunciou para janeiro de 2010 uma espetacular figure da Velvet, moldada pelo genial Bubba, um dos top criadores de figures.

A questão que se nos apresenta, e preocupa, é se a Yamato será capaz de produzir uma versão de PVC que faça juz ao protótipo da Velvet feito por Bubba. Assim uma análise minunciosa desta Mercedes pode nos dar uma idéia do que esperar. Esta figure não tem a assinatura de um Bubba, mas seu criador, Makoto Kobayashi, foi muito competente em capturar a beleza e graça de Mercedes, tal como ela aparece na ilustração oficial. Apesar de ser uma boa interpretação da personagem, esta figure foi quase que completamente suplantada pela Mercedes versão Alter cujas fotos foram divulgadas poucos meses depois da Yamato ter anunciado a sua. Provavelmente muitos fãs desistiram de suas encomendas da Mercedes da Yamato e resolveram esperar pela Mercedes da Alter, prometida para fevereiro de 2010. Eu mesmo quase desisti, mas não o fiz por achar que esta figure tem seu valor como versão da Mercedes e chega mesmo a ser mais interessante que a versão da Alter em um ou dois aspectos.



Mercedes é a princesa do Reino das Fadas de Ringford e é talvez a personagem mais trágica do jogo, mas também é a personagem mais encantadora e moe da estória. A maneira como ela se move e fala é absolutamente kawaii =) Logo de saida ela perde a mãe quando seu reino é invadido por Odin e seu exército. Mercedes é forçada a assumir o lugar de rainha, porém muitos dentro de seu próprio palácio não a consideram competente para estar no trono neste momento de crise e, liderados por seu tio, braço direito da rainha falecida, armam uma revolta para derrubá-la. Quem desejar saber o resto, vá jogar o jogo ou procure algum review do mesmo.

Diferentemente da Sininho, da Wanda e de mil outras fadas menos conhecidas, Mercedes não possui uma varinha de condão e não realiza desejos de criancinhas. Em lugar da varinha, ela carrega uma enorme besta, cuja ponta é um cristal mágico (Psypher), que dispara flechas de energia, assim o único desejo que ela pode atender é uma morte rápida para seus inimigos =P

Em minhas fotos, optei por usar papéis laminados como fundo, para que a luz refletida tornasse evidente as asas translúcidas da figure. Mas também fiz fotos com um fundo azul opaco caso as primeiras não se mostrassem boas. No final os dois conjuntos de fotos me agradaram e, por causa disso, este review ficou com sessenta e sete fotos, quantidade sem precedentes em meus posts até o momento.




Olhando de perto é patente que a qualidade do acabamento desta figure deixa a desejar se a compararmos com alguns dos últimos lançamentos da Alter, Max Factory, GSC, Mega House ou Kotobukiya. Suas asas são o que mais decepciona, especialmente quando comparadas às maravilhosas asas da Gwendolyn. O plástico possui um acabamento áspero e a tinta permeável à luz foi aplicada apenas na frente. Somente as partes mais claras são translúcidas. No protótipo as partes escuras eram translúcidas também. Para piorar, alguns arranhões e restos de cola são visíveis aqui e acolá.






O rosto é bonito mas a expressão é diferente da ilustração oficial que inspirou o escultor. Há linhas de moldagem mal lixadas bem visíveis em suas tranças.



As mãos são simples, sem detalhes e os dedos não têm unhas, porém são mãos fiéis às ilustrações do jogo, tal como são as da Gwendolyn. Bubba optou por fazer sua Velvet com mãos de um realismo inédito em qualquer figure que eu tenha visto ou consiga me lembrar agora, este é o detalhe que mais me preocupa se será bem reproduzido pela Yamato.


Uma das flores em sua cabeça, a da direita, estava quase solta, coisa que eu resolvi terminando de soltá-la para aplicar uma gotícula de Superbonder para prendê-la no lugar.


Na parte de trás do arco são visíveis dois círculos que provavelmente são marcas do molde onde o plástico foi injetado.

Ingway é meio-irmão de Velvet e está sob ação de um feitiço que o transformou em sapo. Ele odeia Odin, pai de sua irmã, e para se vingar dele, ajuda Mercedes a retomar seu trono e conseqüentemente poder vingar a morte da mãe dela pelas mãos de Odin.

Ingway, em sua forma de sapo, está posicionado muito perto do arco da besta que quase toca seu protuberante olho direito, diferentemente do protótipo. Mesmo um sapo não merece ter um objeto metálico cutucando seu olho =P


Esta figure pode ficar de pé sem o auxílio da base graças à ponta da Psypher que fornece um terceiro ponto de apoio. Suas pernas são de rígido ABS, assim ela não deve apresentar problemas de deformação com o passar do tempo.


A base é de PVC flexível e possui um bonito acabamento e pintura, apenas os pinos de fixação são de ABS. Eles não prendem os pés da figure com força o bastante, assim é fácil Mercedes se soltar da base e cair, portanto é mais seguro transportar a figure pelas pernas ao mudá-la de lugar e não pela base.

Decorando a base temos duas flores iguais às da cabeça da Mercedes e duas bolhas que não dá pra saber ao certo se são gotas de água ou pérolas, a cor sugere pérolas, mas a própria base é uma folha de cor branca leitosa com veios azuis, daí se vê que a ênfase ao aplicar as cores seguiu critérios estéticos próprios do escultor/pintor e não representar objetos que apareçam no mundo real ou mesmo no jogo ao contrário de como é a base da Gwendolyn.



Mercedes usa um shorts bufante inspirado em peças da indumentária medieval, uma peça justa seria mais favorável ao fanservice, porém o escultor conseguiu lhe dar um bumbum bonito apesar disso =) Este é um dos pontos em que esta Mercedes é melhor que a futura Mercedes da Alter. A outra caracterítica que nesta figure, para mim, é melhor são suas orelhas, eu gosto de orelhas pontudas mas sem grandes exageros. Nesta figure as orelhas são menores e mais elegantes portanto.








A besta está colada ao corpo da Mercedes e portanto não pode ser removida, o que é um pouco incômodo pois não temos a opção de posar a personagem sem ela. A futura Mercedes da Alter também terá a mesma característica porque nela a arma é o que mantém a figure em sua pose.









Seu belo bumbum em close =)




Apenas reparei neste desenho decorativo no arco quando estava fazendo as fotos, é um detalhe que valoriza a figure. A alça serve como apoio quando Mercedes pisa nela para recarregar a arma sempre que a barra de energia se esgota.


A pior falha de montagem da figure é esta fenda na junção do pescoço com a cabeça, coisa bastante desagradável aos olhos. Pequenas falhas na pintura do cabelo ficam mais evidentes nestas fotos ampliadas.




As folhas que envolvem sua cintura são bem feitas e pintadas.


As linhas de molde em suas pernas são discretas, mas na besta elas são gritantes, provavelmente nem se pensou em lixá-las.


A Psypher é de um rosa mais pálido que na ilustração e suas arestas não são afiadas e retas como a da ponta da lança da Gwendolyn. O plástico nos dá a impressão de ser mole, mas é apenas aparência, na verdade é rígido ABS.




Esta figure é escala 1/8 padrão, nem grande e nem pequena demais, aqui a vemos ao lado da lata de suco que adotei como referência visual de tamanho.



Finalmente eis as duas juntas, Mercedes e Gwendolyn. Gwendolyn é uma das top figures de minha coleção e sua qualidade é quase impecável, pena que esta Mercedes esteja muito aquém. Gostaria de ter um fundo que combinasse melhor com elas, mas vai ficar para a próxima foto quando o trio estiver completo.

O que concluí da análise desta figure é que a Yamato ainda não possui consistência na qualidade de seus lançamentos e isto me deixa preocupado com como será a Velvet. As minhas outras duas figures mais recentes da Yamato são a Cammy e a Ignis, ambas possuem uma qualidade melhor de acabamento que esta Mercedes, assim somente nos resta torcer para que a Velvet do Bubba receba o melhor tratamento que a Yamato é capaz de oferecer. Muitos fãs devem preferir esperar a Alter anunciar sua própria versão da Velvet dada a confiança que têm na qualidade dos lançamentos deste fabricante, contudo este provável lançamento deve demorar pois a Mercedes da Alter vai chegar às lojas um ano e dois meses após sua Gwendolyn.

Foi relativamente fácil para a Alter produzir uma Mercedes superior à Mercedes Yamato, porém creio que não será igualmente fácil fazer uma Velvet que supere aquela produzida por Bubba. Algumas poucas figures são produzidas por dois fabricantes diferentes baseados no mesmo protótipo tal como foi com uma figure da Taiga Aisaka (2) e da Takamori Haruka (2). Se isto acontecer com a Velvet do Bubba, e ela for reproduzida por outro fabricante melhor que a Yamato, haverá muita gente que arrancará os cabelos por ter adquirido a versão da Yamato, eu inclusive =P, mas é muito improvável isto acontecer.

Apesar das inconsistências de fabricação, gostei de verdade desta Mercedes da Yamato e não me arrependi de tê-la adquirido =)

Detalhes do Lançamento:

Nome: Mercedes
Altura: 19cm
Escala: 1/8
Origem: Odin Sphere
Fabricante: Yamato
Preço: 7.800 ienes
Lançamento: agosto de 2009

2 comentários:

fiwasaki disse...

Parabéns, Kamugin. Você fez um excelente review que releva a beleza da figure mas que não deixa de apontar seus defeitos.


Apesar de não poder negar a beleza das figures do Odin Sphere produzidas pela Alter, às vezes uma pose simples como a desta Mercedes consegue transmitir bem a personalidade da personagem. É uma pequena que a Yamato passou longe de uma produção impecável.

E é interessante que muita gente costuma se decepcionar com o produto final que a Yamato entrega. Bom, eu ainda não tenho nenhuma figure da Yamato, então não posso dizer muito sobre isso.

Quanto à personagem, só pelo fato dela ter sido dublada pela Noto Mamiko já eleva seu Moé Power em 120%!

Kamugin disse...

Obrigado pela visita e pelos elogios, fiwasaki=)
O problema da Yamato são os altos e baixos nos seus lançamentos, não é como a Mega House, por exemplo, que mantém um nível constante na qualidade de suas figures.